“Bem conversadinho” entregamos todos os nossos dados!

Qual o melhor caminho para aumentar suas vendas? Como atrair mais clientes? Como fidelizar aqueles que já são clientes? Descubra qual a necessidade de seu cliente, quais os seus desejos. Como fazer isso? Individualize-o! Como individualizar alguém que eu nem conheço? Eu conto logo abaixo!

blog1

Para individualizar um possível cliente, você precisa dos dados pessoais dele, quanto mais você souber sobre os seus desejos, suas necessidades, seus hábitos, lugares que frequenta mais fácil será montar uma estratégia de aproximação e de converter essa aproximação em uma venda.

Como fazer isso? A boa notícia é: O consumidor brasileiro está disposto a trocar seus dados pessoais por atendimento ágil e eficiente, mas exige transparência da empresa. É o que mostra uma pesquisa divulgada pelo site consumidor moderno (http://www.consumidormoderno.com.br/2018/02/21/preferencias-consumidor-brasileiro-sap/ )

Embora a pesquisa tenha atingido um contingente pequeno de consumidores, apenas mil pessoas, acredito que esse possa ser considerado como um indicativo do que pensamento geral.

Quem não deseja receber um bom atendimento seja ele online ou presencial? É um fato que quanto mais o vendedor nos conhecer, maior será a possibilidade de atender nossos desejos e necessidades, porque ele poderá realizar uma abordagem “individualizada”. O resultado da equação é simples: e cliente satisfeito = cliente fidelizado. Assim, fica fácil entender porque os dados pessoais adquirem cada vez mais valor.

A pesquisa também demonstra que a maior parte de nós consumidores se preocupa com os dados pessoais e que esperamos que a empresa com quem negociamos tenha uma sólida política de segurança da informação.

Esperamos também transparência em relação ao uso que será feito de nossos dados pessoais. Podemos fazer aqui uma interpretação extensiva do Princípio da Informação, um dos principais quando nos referidos ao Direito do Consumidor, de modo que ele seja adotado não só em relação ao produto comercializado, mas também e principalmente em relação ao uso que será dado às informações pessoais captadas do cliente.

Nós clientes desejamos ser respeitados como pessoas e que o mesmo também aconteça em relação aos nossos dados.

blog2

Finalizando, deixo uma dica: é das tarefas mais importantes para o seu negócio estabelecer regras claras para a coleta e utilização dos dados de seus clientes. Tanto a coleta quanto tratamento desses dados devem ser informados de forma inequívoca, sendo que o consentimento do consumidor é a única forma válida de captação dessas informações. Assim, sua empresa estará atendendo a lei (falamos aqui de uma integração entre o CDC e o Marco Civil da Internet, artigo 7) e terá como resultado a melhoria de sua reputação no mercado.

E não adianta apenas “fazer de conta” que a empresa investe em segurança digital, porque grandes corporações têm caído em desgraça por causa de incidentes envolvendo vazamento de dados.

Respeite o consumidor! GuardeDireito seus dados!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s